Domaine Matassa

Tom Lubbe
Roussillon

Poderíamos dizer que o Tom Lubbe é a dupla face do vizinho Jean-Louis Tribouley: o primeiro é sereno, maciço, com sentido de humor britânico apesar de ser Sul-Africano, o segundo é temperamental, descalço nas feiras, com sentido de humor de Rabelais. Ponto em comum: não são originários da zona e no campo dos vinhos tanto o Tom como Jean-louis são productores que contribuem para revelar o potencial imenso desta região do Val do Agly. A chegada de Tom na zona reflecte também o poder de atracção desta área que tem uma diversidade de solos e de micro-climas que permitem produzir vinhos com grande variedade e grande singularidade. Tom dispõe da sua própria quinta onde produz os vinhos Matassa, Romanissa e Marguerite, frescos, minerais apesar do calor da região e também acompanha os vinhos produzidos no Domaine de Majas. É uma pessoa humilde, muito agradecida do interesse que os seus vinhos suscitam e que trabalha de forma precisa, aplicando os princípios biodinamicos, sem aproximações, numa linha natural e rigorosa.

Notre sélection de vins

{{ item.gol_wine_card['type'] }}, {{ item.gol_wine_card['year'] }}

Acheter

Produit ajouté avec succès.