Tiago Teles


Bairrada

Tiago começou por beber muitos vinhos e a escrever sobre eles das”5 às 8″ conciliando com o seu trabalho de engenheiro de telecomunicações até às 5. Viajando, bebendo, sonhando, o seu barco cheio de memórias de garrafas de diferentes horizontes voltou naturalmente, como Ulisses a Itaco, à costa atlântica para juntar as sensações de juventude do mar e a sua atracção pelos vinhos da mal amada Bairrada, que ele reinventou sob a forma de Gilda e Maria da Graça. A amizade com Carlos Campolargo o levou a usufruir das uvas deste produtor (Merlot,Tinta Barroca, Tinto Cão, Castelão, Alicante-Bouschet e Alfrocheiro) para produzir vinhos que buscam a fluidez, a espontaneidade e a expressão dos solos onde eles nasceram, com uma interpretação nova do que é a Bairrada, com tanto ou maior respeito pelo território de origem. Enquanto Gilda com a sua frescura vegetal e pedregosa lembra o ar húmido do bosque atlântico, Maria da Graça com o seu lado crocante e aéreo nos deixa numa terra virgem ainda por explorar e por isso vouga o vinho….Mas nem só de Bairrada vive o Tiago, e este ano ele irá apresentar-nos os seus primeiros Vinhos Minhotos vinificados na sua nova adega bem como os vinhos feitos na Quinta dos Cozinheiros em conjunto com o António Marques da Cruz.

A nossa selecção de vinhos

{{ item.gol_wine_card['type'] }}, {{ item.gol_wine_card['year'] }}

Comprar

Produto adicionado com sucesso.