.

.

Goliardos

Os Vinhos

Newsletter

  • Categorias

  • Somos Goliardos


    O projecto nasceu pelo gosto do vinho e pelas trocas com produtores de diferentes países. Visitámos até agora mais de 500 produtores em Portugal, França, Espanha e Itália. São a nossa grande escola de aprendizagem e fonte de entusiasmo.

    Em 2005 foi criada a empresa Os Goliardos por Nadir Bensmail, Sílvia Mourão Bastos e Manuel Beja com a vontade de promover o vinho, e mais concretamente a diversidade, o conhecimento, a troca, a aprendizagem, a tertúlia e o contacto com os produtores.

    Vemos o vinho elemento da nossa cultura, produto da relação entre os produtores e as vinhas, específico de cada região, fruto da história de civilizações para a celebração alegre, festiva e calorosa dos bons encontros.

    Somos exploradores gulosos, curiosos e exigentes.
    Gostamos de vinhos, copos e etc.
    Somos Goliardos.

    • Comercializamos vinhos, seleccionados criteriosamente a partir das nossas expedições às regiões e aos produtores, a preços muito competitivos no patamar de qualidade de cada um.
    • Importamos vinhos de diferentes países directamente do produtor, muito originais, maioritariamente únicos no mercado português. Ex: Champanhes, Sauternes, Chianti, Piemonte, Ribera del Duero, Rioja, Alsácia, Borgonha, Bordéus, Syrah do Vale do Rôdano…
    • Formamos amadores e profissionais na área dos vinhos
    • Fazemos aconselhamento para a hotelaria: elaboração da carta de vinhos adaptada ao menu, selecção de vinhos para casamentos, congressos, etc)
    • Realizamos eventos ligados ao vinho: provas de vinhos com explicação para grupos em várias línguas, encontros de amadores com produtores, festas diversas.
    • Gerimos e animamos a garrafeira/bar de vinhos “Os Goliardos” onde se pode descobrir um vinho a copo ou à garrafa, no interior ou no nosso pátio, e comprar vinhos para a sua garrafeira pessoal.
    • Animamos a Academia dos Goliardos, um clube de vinhos em que cada académico recebe periodicamente uma selecção de vinhos, com descritivo de cada vinho para que possa aprender enquanto bebe.


    Nascemos na Idade Média em várias universidades europeias, mas gastávamos mais tempo a vagabundar de taverna em taverna pela Europa fora do que nas aulas.

    Vivíamos das esmolas dos ricos escrevendo poesia – erudita dizem uns, labrega dizem outros – em que fazíamos o elogio do amor livre e do deboche, contestávamos a ordem social, com vinho e pelo prazer do vinho.

    Já nem sabemos porque nos chamamos Goliardos…: ou era porque gostávamos de GOLIAS – o mau da fita da Bíblia,… ou era porque éramos Gulosus (GULOSOS em latim), ………ou será que era porque gostávamos de marcar GOLOS de boa vida e beber GOLES de má vida?

    Mudam-se os tempos, mas não se mudam as vontades. Agora viajamos de adega em adega, com o avanço de o fazermos de carro e não de mula como antes, (muito embora continuemos a andar com a mula às costas), conhecendo vinhas e vinhos de diferentes encostas para descobrirmos produtores com alma, que dirigem orquestras de aromas e sabores, com a simplicidade da terra.

    Em torno de uma mesa, rodando um copo de vinho, damos tempo ao tempo, damos tempo ao vinho para que se revele, ao seu ritmo, sem a pressão do público, para uma aparição exuberante no festim do gole final !!

    E enquanto festejamos o encontro com o vinho feliz de finalmente poder sair da clausura da garrafa para a sua grande e única actuação, dizemos barbaridades bêbedas com sonhos reais de um mundo caloroso, onde os homens vivem com prazer, riem sem contenção, acordam sem passividade, na revelação da inteligência com sensibilidade, inventando cada vinho, com carinho.

    Nesta festa goliárdica, onde a porta fica aberta a todos os que forem abertos, descobrimos o novo e o diferente, sem preconceitos, trocando vinhos com virtude – velhos, novos, tradicionais, irreverentes, do Sul, do Norte, na moda ou fora de moda, daqui e dali – pouco importa, mas com virtude. Com grão na asa (já pesadote), fazemos um brinde com vinhos diferentes, entre diferentes amigos, velhos amigos, futuros amigos.

    Gostamos de vinhos, copos e etc.

    Somos Goliardos.

    E Goliardo é quem quiser.

    Contactos

    Languages

    Pesquisa


    E ainda